PALAVRA PROFÉTICA 2015

31/12/2014 11:50

Ano do Favor de Deus

Por Pr. Luiz Augusto Carneiro
 

Estamos entrando em um novo ano no ocidente, o ano de 2015, que é o 7° Ano do nosso Ministério, e cremos que uma virada no calendário representa também algo novo, um novo tempo. Assim como no dia 24 de setembro de 2014, entramos no ano bíblico de 5775, nós podemos desfrutar da verdade profética que é ativada no início de cada ano bíblico na terra de Israel, e assim, alinharmos o calendário espiritual de Deus com o nosso, e recebermos essa essência profética ativada pelo Espírito Santo.

Creio que esse ano de 2015 (5775) é um Ano do Favor de Deus sobre nós de uma forma especial.

De acordo com a Guia Profética 2015 do Ap. Rony Chaves, por ser este ano 5775 (2015) o ano sabático ou Shemitah de número 10 desde a Constituição do Estado Livre de Israel em 1948, se fecha um ciclo e abre outro novo de Grande Bênção Profética. Um ano do privilégio dobrado da Igreja, da Adoração e da Boa Vontade do Altíssimo de forma especial. Estamos na década da bênção. Ele diz que 5775 ativou em Israel e no mundo várias coisas por ser um Ano Sabático (Shemitah):

1.       Perdão de dívidas

2.       A libertação dos cativos e doentes

3.       O rompimento das Prisões dos Encarcerados

4.       O Ano Agradável da Boa Vontade do Senhor (uma Nova Temporada de Perdão, Justificação e Liberdade do Deus Vivo).

 

Em nossa Igreja, estamos alinhados com as bênçãos e Palavras que Deus tem direcionado. E cremos que neste Ano de 2015 (5775), o 7° Ano do Nosso Ministério, Deus tem nos direcionado a um tempo especial, e revelado sua vontade e direção para nós e nossos filhos ministeriais. Cremos e recebemos a palavra ministrada através da Guia Profética 2015 pelo Ap. Rony Chaves, e também a palavra ministrada pelo meu pai ministerial Ap. Luiz Scultori em relação ao nosso 7° ano, em Nome de Jesus.

Entendo e profetizo que neste ano de 2015 entramos profeticamente no Ano do Favor de Deus de uma forma especial.

E que Deus nos direcionou a 12 Bênçãos Proféticas dentro desse ano que é o nosso 7° ano. Assim, profetizo e recebo, em Nome de Jesus que esse ano será um ano do Favor de Deus, que será um ano de:

 

Armas Novas (2 Co 10.4 / Lc 11.21), onde Deus está nos capacitando para guerrearmos e vencermos as batalhas.

Será um ano de Frutificação (Lv 26.9) onde colheremos os frutos preparados pelo Senhor.

Um ano da poderosa manifestação do Reino de Deus (1 Co 4.20/ Lc 9.2).

Um ano de Descanso (Mt 11.28).

2015 é um ano em Filhos virão apressadamente (Is 49.17-22).

Um ano de Maturidade (Hb 5.14 / Ef 4. 11-15)

Em 2015 estaremos Concluindo Projetos (1 Rs 6.14 / Lc 1.57 / Fp 1.6)

Uma busca mais profunda pela Santidade (1 Pe 1.16 / Ef 4.24 / 1 Ts 4.3, 7 / Hb 12.14)

Um ano de Consolidar, afirmar, alicerçar, solidificar (1 Co 15.58 / Hb 10.23 /)

Estamos em um ano de Adoração mais profunda e verdadeira (Sl 95.6 / Jo 4.23)

Liberdade (Lc 4.19 / 1 Pe 2.16)

Neste ano 2015 (5775) começa um Novo Tempo (Rm 9.9 / Is 43. 18-19 / Lc 5.38)

 

Nesse 7° ano de nossa Igreja, entendemos que o número 7 significa plenitude, perfeição, e que assim, entramos em um tempo novo, de plenitude, maturidade!

 

Deus tem dividido as eras em períodos de sete. A história de Israel sempre foi dividida em períodos de setenta vezes sete anos. Jesus mandou que os apóstolos perdoassem as ofensas setenta vezes sete. O corpo humano muda de células cada sete anos. Existem apenas sete cores, e dessas se originam os milhares de outras tonalidades. Deus fez o mundo em seis dias e descansou no sétimo dia. Sete Sacerdotes tocaram o shofar na derrubada de Jericó. Sete anjos de Apocalipse. Sete selos...etc.

 

Um escravo hebreu só poderia prestar serviço durante 6 anos (Êxodo 21.2; Jeremias

34.14); mas, no 7º ano ele ficava livre, tinha a sua liberdade.

 

Profetizo em Nome de Jesus, um Ano de Plenitude, que 2015 seja o Ano do Favor de Deus de forma especial em todas as áreas de nossas vidas. Creio que Deus agirá em favor do Seu povo de forma especial e poderosa.

 

“Naqueles dias, havendo uma grande multidão, e não tendo o que comer, Jesus chamou a si os seus discípulos, e disse-lhes: Tenho compaixão da multidão, porque há já três dias que estão comigo, e não têm o que comer. E, se os deixar ir em jejum, para suas casas, desfalecerão no caminho, porque alguns deles vieram de longe. E os seus discípulos responderam-lhe: De onde poderá alguém satisfazê-los de pão aqui no deserto? E perguntou-lhes: Quantos pães tendes? E disseram-lhe: Sete. E ordenou à multidão que se assentasse no chão. E, tomando os sete pães, e tendo dado graças, partiu-os, e deu-os aos seus discípulos, para que os pusessem diante deles, e puseram-nos diante da multidão. Tinham também alguns peixinhos; e, tendo dado graças, ordenou que também lhos pusessem diante. E comeram, e saciaram-se; e dos pedaços que sobejaram levantaram sete cestos.” (Marcos 8.1-8)

 

Nessa passagem, vemos que todos que estavam juntos do Senhor, sendo ensinados, Ministrados, receberam o Favor de Deus, foram favorecidos e alimentados espiritualmente e fisicamente, e que de 7 pães, Deus multiplicou e alimentou toda a multidão. Nesse 7° ano, creio que Deus multiplicará suas bênçãos sobre nós.

Creio que em 2015, aqueles que estiverem sendo ministrados, juntos, buscando ao Senhor, apresentando a Deus o que tem nas mãos, não sentirão fome, serão favorecidos por Ele em todas as áreas de suas vidas. Em Nome de Jesus! Amém.

 

Luiz Augusto Carneiro

servo de Deus

Voltar

Pesquisar no site

© 2020 Todos os direitos reservados a MAVEC.

Missão Apostólica Vida em Cristo