Lutas e Vitórias de 2012

23/02/2013 11:45

Lutas e Vitórias de 2012

Por: Neuza Itioka em 30/12/2012

 

Amados,

Faltam apenas dois dias para terminar o ano de 2012, o ano hebraico de 5772. Pode-se analisar o 72. 70 anos significa liberação e saída do cativeiro. Tempo em que foi tirado o cativeiro do povo, e o povo do cativeiro. Preparado para libertar outros do cativeiro. E, uma visão do fim de um ciclo do cativeiro.

Para muitos de nós da Igreja de Cristo, no Brasil, não foi um ano fácil, muitos líderes pastores foram chamados pelo Senhor e faleceram. Para nós, parecia uma volta prematura à casa do Pai. Houve casos chocantes e ficamos inconformados. A nossa equipe dos ministros enfrentou várias lutas: desde luto a doença deles e enfermidades e lutas no meio dos seus familiares: dos ministros e intercessores. Alguns deles continuam a enfrentar momentos difíceis.

Mas a coisa gloriosa é que Deus havia nos prevenido das lutas que sobreviriam e muitos se prepararam para tais surpresas. Foi duro ver os líderes da Igreja, espalhados pelo Brasil, companheiros de guerra, enfrentando lutas inimagináveis. A busca a Deus teve que ser redobrada e a intercessão intensificada e eu creio que ainda que tenha sido um ano muito difícil para todos nós, pois tivemos que carregar o fardo uns aos outros, foi uma benção. Deus tem transformado a luta em bençãos. Muitos deles hoje estão com a fé robustecida, preparados para outro nível de guerra. Muitos experimentaram o sobrenatural de Deus.

Ainda com este tipo de guerra e dificuldade, apenas um seminário foi cancelado, pela morte do Pr. Pedro. A despeito de tudo isto, pudemos contabilizar mais ou menos 15.000 participantes dos seminários.

Jesus disse aos seus ouvintes judeus: Hipócritas, sabes discernir a face da terra e o céu; como não sabeis discernir este tempo? Lc 12:56. Olhemos o que está acontecendo com o nosso planeta? O mundo cada dia caminha com a agenda da ONU, centrada na visão de um governo mundial, dirigido por um líder inteligente, sapientíssimo que traria a paz e entendimento no meio de caos e conflitos políticos e sociais. É esperado que ele seja o mediador dos conflitos entre o ocidente e oriente, Israel e Árabes. E, aqui está o engano: o estabelecimento do homem do pecado. Temos que pedir discernimento espiritual.

Infelizmente, Brasil caminha subserviente às idéias desta organização, debaixo do controle de um pequeno grupo que tem como estratégia estabelecer uma Nova Ordem Mundial, a fim de promover a paz, dar muita segurança e desenvolver grande prosperidade, entre os povos. Parece lindo, muito bem intencionado, para os desavisados.

Mas, temos que ter os nossos olhos abertos, pois Deus já também nos disse que este tempo é tempo de apostasia: por isto, os filhos de Deus enfrentam um programa do nosso governo de Comissão da Verdade (caça aos que cooperaram com o ditadura militar nos anos 60 e 70); Estatuto da Desconstrução da Família (eliminar nos documentos das crianças; o nome pai e mãe e colocar apenas filiação, e proibir a celebração do dia dos pais e da mães , para não constranger os filhos de casal gay) e a Reforma do Código Penal (com a permissão da eutanásia, profissionalização da prostituição, permissão do casamento de mesmo gênero, descriminalização do aborto, permissão da pedofilia, liberação do uso da maconha, para citar alguns.) E, há outros projetos que vamos ter de enfrentar e lutar contra: PLC 2600-homofobia, o Kit Gay(?); projeto da lei da palmada.

Como nação, podemos perder a liberdade de expressão a qualquer momento, podemos perder o uso livre de meio de comunicação. Até o livre acesso a internet pode ser cerceado. E, a Igreja está debaixo da constante ameaça deste ou daquele projeto de lei, que poderia cercear a prática da liberdade religiosa.

Os três Principados demoníacos: a Rainha dos Céus, o Mamon e Leviatã trabalham juntos para destruir a Igreja de Jesus, explorando a prostituição, o amor ao dinheiro e ganância, e o exaltar o seu nome próprio e o seu império, baseado na vaidade, orgulho humano.

Temos que ouvir Deus!! Para discernir o que Deus tem nos falado. E, para interceder e discernir a mudança da guarda de Oxossi (São Sebastião) - atua seis meses como mulher e outro seis meses, como homem; com Ogun (São Jorge) que é da violência. O recado que recebemos é que os ouvidos da Igreja estão tapados, por isto, o engano pode vir e os portais das nossas vidas já abertos, pela desobediência podem dar legalidade à atuação deles, em diferentes dimensões.

Qual deveria ser a nossa atitude? O reino de Deus prossegue e cresce em meio a guerra e as lutas. E, lendo o guia profético do nosso apóstolo Rony Chaves, devemos considerar cuidadosamente cada promessa de que receberemos de Deus, a capacidade de sobreviver no deserto com grande vitória; receberemos a Sua Firmeza e poder para superar as crises; Sua Plenitude de vida e Sua Fortaleza.

O melhor, o ANO 2013 SERÁ O ANO DA RECOMPENSA DE YAHWEH. Em 2013 Deus recompensará a Seus filhos por todas as FERIDAS sofridas no CAMPO DA BATALHA. 2013 será um Ano de grandes recompensas do Senhor. Por esta causa, inevitável e milagrosamente a muitos virão em forma de terrenos, casas, posses e novas oportunidades de edificar o que sonharam sob a direção do Espírito Santo.

(favor ler o Guia Profético de Rony Chaves)

Que faremos, em meio a situação de engano de paz e prosperidade da nova Ordem Mundial e a atuação dos três principados e da troca de guarda da perversão sexual a violência? Temos que pedir a Deus um ouvido desimpedido para discernir o comando de Deus e obedecê-Lo. Agradecermos por aquilo que virá Dele e ao mesmo tempo, pedir discernimento para não sermos confundidos.

A Palavra de Deus diz que devemos guardar sobretudo, o nosso coração. Devemos cuidar não somente o que falamos, mas do que pensamos e sentimos. Temos que cuidar dos nossos corações, da emoções para não pecarmos e não nos perdermos. Nada de amargura, ressentimentos. Perdoemos uns aos outros, assim como Deus nos perdoou.

Não se desesperar se as nossas circunstâncias forem confusas e incompreensíveis. Vamos alimentar a fé e crer no sobrenatural de Deus Os impossíveis de Deus começar a agir e transformar as nossas circunstâncias. E, no meio de guerra e da luta, vamos ser vitoriosos.

A Igreja continua sonolenta. (Aliás, a igreja somos nós) devemos nos arrepender por ela, confessando os pecados dela (que são nossas) e pedir que Deus nos faça identificar suficiente para orar e se possível, entrar num jejum, por ela.

Estou recomendando a leitura de epístola de Efésios e Gálatas 20 vezes, até o final de Janeiro? Pode ser?

Com muito carinho, meus irmãos!!

Deus os abençoe

Ap. Neuza Itioka

Voltar

Pesquisar no site

© 2020 Todos os direitos reservados a MAVEC.

Missão Apostólica Vida em Cristo